tv semana grupo semana
     

PUBLICIDADE

Notícias
Asadom receberá doação da Pró-Vida
Data publicação 06/04/2014
Toninho aguarda com enorme expectativa a chegada das doações feitas pela Central Geral de Dízimo

A Associação de Amparo aos Doentes Mentais São João Batista (Asadom) é uma das 51 instituições de todo o Brasil que serão beneficiadas com a doação de, aproximadamente, R$ 50 mil, oferecida pela Central Geral do Dízimo (CGD) da Pró-Vida, movimento filosófico, sem fins lucrativos e sediado em Santos-SP, que entre suas várias atividades apóia financeiramente entidades assistenciais. A informação é do vice-presidente da Asadom, Antônio Carlos Pussente, o Toninho.

Como ele esclarece, de acordo com as regras estabelecidas pela CGD, antes de receber a doação, as entidades que buscam seu apoio são analisadas, precisando apresentar confiabilidade e efetiva atuação, além de estar regulamentada junto a órgãos competentes. “Em 2009 nós encaminhamos o pedido da Asadom e em novembro de 2013 fomos comunicados pela Central de Dízimo que nossa entidade estava entre as que passariam pela avaliação”.

Em janeiro deste ano, os técnicos da instituição estiveram em Caratinga, visitando a Asadom para realizar vistoria na entidade e avaliar quais seriam suas reais necessidades. Neste trabalho, a equipe da CGD fez amplo registro através de fotos e vídeos, além de averiguar toda a documentação da Asadom e a existência das Certidões Negativas de Débitos.

Por ocasião da visita, a diretoria da Asadom entregou aos técnicos uma relação com os materiais e equipamentos considerados os mais necessários. Toninho explica que as entidades beneficiadas pela CGD não recebem dinheiro, mas material, equipamentos e bens duráveis, de acordo com a carência constatada durante a avaliação técnica.

Há duas semanas, a Asadom foi comunicada de que deveria comparecer à sede da Pró-Vida. Representando a entidade, Toninho foi a Santos, quando passou por uma entrevista com outra equipe da CGD e, por fim, foi aprovado o pedido da Asadom e assinado o convênio referente à doação.

De acordo com Toninho, ainda não foi agendada a data para a entrega dos produtos, o que o deixa em grande expectativa. “A sensação é de que, a qualquer momento, um caminhão de prêmios vai entrar pela porta da nossa sede”.

Entre os pedidos feitos pela Asadom estão a reforma e ampliação da cozinha, móveis, utensílios domésticos, eletrodomésticos, eletroeletrônicos e material de construção para a realização de outras obras no local.

A Pró-Vida, através da Central Geral do Dízimo, já beneficiou mais de 7.000 instituições, em todo o Brasil, incluindo hospitais, creches, asilos, orfanatos e APAEs, através de doação de veículos, material de construção, equipamentos, oficinas e outros itens.

A CGD mantém, ainda, convênios com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) e com a Fundação Paula Souza. Através dessas parcerias são construídas escolas profissionalizantes, totalmente equipadas.

Os recursos disponibilizados pela CGD são arrecadados através de doações e repassados às instituições aprovadas na avaliação técnica. As doações à CGD são realizadas através de depósitos bancários anônimos.

Segundo Toninho, durante sua visita à sede da Pró-Vida ele constatou a seriedade do trabalho. “Fiquei impressionado com a forma com que eles lidam com as questões sociais. Prestam auxílio a entidades carentes de cidades de várias partes do Brasil e têm isso como opção de vida”.

FALE CONOSCO
grupoasemana@gmail.com
333322-1212
RUA JOAO DA SILVA ARAUJO, Nº 8 - SL304
CENTRO | CARATINGA-MG


Copyright JORNAL A SEMANA - © 2019 - Todos os direitos reservados.