tv semana grupo semana
     

PUBLICIDADE

Notícias
Nas eleições não faltam nomes hilários
Data publicação 27/08/2018
Quem já deu uma olhada na relação dos candidatos mineiros a deputado estadual e deputado federal, certamente, se deparou com nomes curiosos e muito engraçados. Após lermos toda a lista de candidatos por Minas Gerais, decidimos relacionar vários deles, criando partidos políticos fictícios para enquadrá-los.
 
Entre os nomes mais pitorescos, destacamos os seguintes: Chopinho, Wanderley Trouxe a Sorte, Zé Rico Play Rei do Gado, Homem de Ferro, Márcia Catiguria, Juliano Ce Tá Doido, João Rasgado, Euclides O Famoso, Dé Titica, Kátia Porreta, Pedrada, Zé Arteiro, Vai ser rico Trem, Tieta, Roberto Bin Laden, Parrudo e Keridão Potência. Estes e todos os demais candidatos precisarão do apoio do candidato Lélio Palanque.
 
Em um momento no qual o País sofre com o crescimento da violência, valeria a pena criar o Partido do Bem (PB), tendo como membros e candidatos Mestre Tranquilo, Welton Manso, Beto Alegria, Clara Transparente, Graça Gente Bacana, Charles Felizardo, Só Alegria, Generosa Costa, Gleibin da Gente, Lorran Dubem e Wellington Silva Sempre com Vc.
 
Também cairia bem a criação do Partido Religioso do Brasil (PRdoB). Em suas fileiras estariam os seguintes candidatos: Adalto Bispo, Bispo Luís Carlos, Flávio dos Irmãos Levitas, Charles Evangelista, Missionária Cléssia, Missionário Eliseu Gabriel, Reverendo Mil, Geraldo do Terço dos Homens, Irmão Salu, Padre Waldemilson, Pastor Divino, Pastora Angelina, José Renato Benção, Fernanda Fé, Tio Cícero Abençoado, Edson Profeta, Cristina Del Papa, Espírito Santo e, para animar os momentos devocionais, o Pastor do Rap.
 
Para rígido combate à violência e à criminalidade, bastaria formar o Partido da Segurança (PS), formado pelos inúmeros militares que se lançaram candidatos, com vários cabos, sargentos, sub-tenentes, tenentes, capitães e coronéis. Nós destacamos os seguintes: Fernando da Federal, Marcos Lima Polícia Federal, Maycon Sander Rodoviário, Inspetor Elymar, Vigilante Clayton César, Fernando Delegado, Gilsim Vigilante, Drika Protetora, Divina Guerreira General Marco Felício, Procurador Marcelo Cabral e Promotor Rômulo Ferraz.
 
Entre os candidatos do Partido da Saúde Pública (PSP), entre tantos enfermeiros e médicos, estariam Lúcia da Saúde, Andréia da Vacina, Enfermeira Emanuelle, Enfermeiro Lucas Silva, Fábio da Acupuntura, Dr. Eduardo SOS AIDS, Ricardo do Socorro, Luiza do Hospital e Daniela A Gêmea da Saúde.
 
Um partido que ganharia força seria o Partido Nacional do Transporte (PNT), que teria como candidatos Washington do Micro Ônibus, Hélio da Van, Bim da Ambulância, Silcy do Taxi, Sérgio Motorista, Geraldo da Carroceria, Tchesco do Moto-Taxi, Aroldo da Kombi, Célio da Caçamba, Dehon Tratores, Gladison Quinha Fuscão e Ilídio Ferrarinha.
 
Outro partido forte seria o Partido dos Profissionais Brasileiros (PPB), contando com Andreico Escritor, Ângelo Barbeiro, Boy Kempes, Feu Cabeleireiro, Guadalupe Dias Contadora, Geraldo Professor, Joãozinho Contador, Joãozinho Jornalista, Ismênia Esteticista, Anderson Despachante, Carlos Corretor, Belinha Professora, Engenheiro Derli, Evanira Cabeleireira, Geraldo Fotógrafo, Instrutor Reinaldo, José Geraldo Sorveteiro, Juninho Pizzaiolo, Milho Borracheiro, Locutor Weliton, Lu Educadora, Artur Dentista, Ubiratã Viajante e Farmacêutica Maronne Quadros.
 
Também contaria com bons nomes o Partido dos Empreendedores, reunindo grandes, médios e micro empresários. Veja: Brandão da Livraria, Brito da Imobiliária, Alemão do Sucatão, Dedeu Baterias, Graça da Pipoca, Izaías do Restaurante, João Bazar, João Casa do Chocolate, Lipinho da Distribuidora, Dudu do Salão, Zé da Padaria, Toninho da Pedreira, Ademir da Marcenaria, Altair da Verdura, Dinho do Bar, Celso do Gás, Edmundo Supermercado, Fabão do Lava Jato, Júlio do Mercado Central, Juninho do Cachorro Quente, Fernando D’Autoescola, Gilberto do Depósito, Hilda da Maçã do Amor, Hudson do Bazar Esporte, João do Forró, Lindomar do Gás, Luiz do Posto, Marcelo da Pamonha, Milton da Reciclagem, Silvania da Ótica, Raimundinho da Farmácia, Saul das Parabólicas, Tomaz da Desentupidora, Renato do Sofá e Vera da Feirinha Mix.
 
Muitos artistas se lançam candidatos, assim, nada mais coerente do que criar o Partido dos Artistas do Brasil (PAB), contando com Antônio Carlos Cantor, José Carlos Palhaço Fartura, Palhaço Biscoito, Palhacinho Minduim, Elci Michael Jackson, Luiz Eduardo do Funk, Anderson Malabarista, Cantora Beth Reis, Cantor Júlio César Tronobranco, Batuta dos Teclados, Martinha do Forró e Socorro Sanfoneira, sob a presidência do Maestro Paulo Ricardo.
 
Com tantos candidatos com nomes e apelidos de animais, o jeito é criar o Partido do Zoológico (PZ), com os seguintes candidatos: Adelmo Carneiro, Álvaro Lobo, Cordeiro, Clésio Ratinho, Edie Rezende Gatão, Márcio Arantes Papagaio, Lagartixa do Platisco, Zé Gambá, Wilson Girafa, André Formigão, Antônio Beija-Flor, Badu Lontra, Claudio Burrinho, Chiquinho do Frango, Evaristo Cobrinha, Hélio Capivara, Hélio Perereca, Dudu Galo, Leonardo Leão, Jorge Periquito, Márcio Castor, Passarinho e Rogério Luiz Godelo.
 
Outros
Poderiam ser criados outros partidos, nomes para isso não faltam. Confira:  Leôncio Tchuck, Allex Tuck Tuck, Catatau do Povo, Chico Mamona, Douglas Cacique, Juliano Barrigudo, Pedro Deputado, Pimentinha, Pinduca, Ricardo Sururu, Serjão Palito, Tornado, Veloz Betim, Zé Carlos do Desafio, Zezé da Porteira, Edson Ativista, Fatinha da Cabana, Nilza do 1º de Maio, Joãozinho Trinta e Pranchana Jack, entre outros.
 

FALE CONOSCO
grupoasemana@gmail.com
333322-1212
RUA JOAO DA SILVA ARAUJO, Nº 8 - SL304
CENTRO | CARATINGA-MG


Copyright JORNAL A SEMANA - © 2018 - Todos os direitos reservados.