tv semana grupo semana
     

PUBLICIDADE

Notícias
Cartão Medicamento Ipsemg é suspenso por falta de pagamento do governo
Data publicação 05/12/2017

Devido à falta de repasses do governo de Minas, a Rede Aceito, empresa responsável pela gestão do Cartão Medicamento – um dos benefícios descontados na folha do servidor público do Estado – suspendeu o serviço no último sábado até que a dívida seja acertada. Segundo o diretor da Rede Aceito, Rogério Mendes, a decisão foi tomada depois de mais de 120 dias sem receber o repasse do Instituto de Previdência dos Servidores do Estado de Minas Gerais (Ipsemg).

A dívida corresponde a R$ 6,2 milhões em compromissos junto às 4.666 farmácias credenciadas no programa em 713 municípios mineiros. O diretor da Aceito afirma que o débito pode ficar ainda maior neste mês, uma vez que a próxima parcela vende no dia 10. “Serão mais R$ 4 milhões a vencer, totalizando R$ 10,2 milhões”, conta. Segundo Mendes, ele já se reuniu com a diretoria do Ipsemg para discutir a situação, mas nenhuma solução foi apresentada.

O diretor afirma que o atraso não tem justificativa, uma vez que os descontos são efetuados nos pagamentos de mais de 40 mil servidores. “Não se trata de recursos do governo, mas, sim, dos servidores. O governo deveria repassar os valores ao Ipsemg atuando apenas como agente arrecadador nesse processo”, diz.

Ainda de acordo com Rogério Mendes, a empresa presta esse serviço para o Estado desde 2014 e, até este ano, nunca havia tido problemas com atrasos. “Pelo contrato, a quitação da quantia pode ser efetuada em até 70 dias, mas esse prazo não foi respeitado nenhuma vez em 2017”, contou.

O Cartão Medicamento é oferecido para todos os servidores do Estado que contribuem para o Ipsemg e dá descontos nas farmácias credenciadas.

 

FALE CONOSCO
grupoasemana@gmail.com
333322-1212
RUA JOAO DA SILVA ARAUJO, Nº 8 - SL304
CENTRO | CARATINGA-MG


Copyright JORNAL A SEMANA - © 2017 - Todos os direitos reservados.