tv semana grupo semana
     

PUBLICIDADE

Notícias
Reunião em BH debateu medidas para resgatar Hospital de Caratinga
Data publicação 06/11/2017
Convocada por iniciativa do deputado estadual Adalclever Lopes, presidente da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), uma reunião realizada no dia 27 de outubro, na Cidade Administrativa, sede do Governo de Minas Gerais, em Belo Horizonte, traçou os próximos passos a serem tomados em favor do Hospital Nossa Senhora Auxiliadora (HNSA), que atualmente funciona parcialmente, suficientes para que a instituição volte a prestar atendimentos a população dos municípios da microrregião de Caratinga de forma plena.
 
Além do deputado Adalclever Lopes, participaram do encontro o secretário de Estado de Saúde, Sávio Souza Cruz; o secretário adjunto de Saúde, Nauton Sebastião Moreira; o sub-secretário de Assuntos Municipais, Marco Antônio Viana Leite; o presidente do Centro de Apoio Operacional das Promotorias de Justiça de Defesa da Saúde (CAO-Saúde), Gilmar de Assis; a superintendente regional de Saúde de Coronal Fabriciano, Déborah Cássia Roland Cabral; do bispo da Diocese de Caratinga, dom Emanuel Messias de Oliveira; da diretora interventora  do HNSA, Flávia Eugênia de Souza; representantes do Conselho de Secretários Municipais de Saúde, prefeitos e secretários de Saúde da microrregião de Caratinga.
 
De acordo com Adalclever Lopes, o objetivo do encontro foi analisar a situação em que se encontra o HNSA e estabelecer as medidas possíveis de serem tomadas visando possibilitar que seja retomado o funcionamento da instituição em sua plenitude, inclusive as Unidades de Tratamento Intensivo (UTIs) Neonatal e Adulto. No momento, o HNSA tem prestado apenas o atendimento  à clínica médica, enquanto a Maternidade Grimaldo Barros de Paula atende apenas parturientes de risco habitual, ou seja, os casos onde não são necessárias as internações em UTI tanto das mães quanto dos bebês. Nos casos de gestantes de alto risco existe a necessidade de transferência para hospitais referenciados para partos de alto risco. 
 
Uma das iniciativas discutidas durante o encontro é viabilizar recursos para fazer o HNSA voltar a funcionar os outros serviços que caracterizam um hospital de Nível 2, como UTI Neonatal, UTI Adulto, clínica ortopédica, clínica cirúrgica e maternidade alto risco.
 
Confirmando o compromisso firmado na reunião pelo secretário Sávio Souza Cruz, de liberação de aporte financeiro para viabilizar o funcionamento do hospital de Caratinga, durante esta semana será publicada uma resolução da Secretaria de Estado da Saúde, pela qual o Governo do Estado estará disponibilizando recursos ao HNSA, cujo valor não foi divulgado.
Por sua vez, o deputado Adalclever Lopes está liberando para o HNSA, junto ao Governo de Minas, recursos da ordem de R$ 1 milhão, provenientes de emenda parlamentar, de sua autoria . De acordo com o deputado, o recurso será repassado em duas parcelas mensais, no valor de R$ 500 mil cada uma.
 
Os esforços para o restabelecimento do funcionamento do HNSA de forma plena engloba, ainda, o repasse mensal dos 13 municípios da microrregião de Caratinga, conforme o Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) pactuado com o Ministério Público, no total de R$ 203 mil mensais, em valores proporcionais à população de cada cidade, correspondentes a R$ 1,00 por habitante.

FALE CONOSCO
grupoasemana@gmail.com
333322-1212
RUA JOAO DA SILVA ARAUJO, Nº 8 - SL304
CENTRO | CARATINGA-MG


Copyright JORNAL A SEMANA - © 2017 - Todos os direitos reservados.