tv semana grupo semana
     

PUBLICIDADE

Notícias
Primeira Liga: com futebol vexatório, Atlético perde taça para o Londrina
Data publicação 05/10/2017

O futebol ruim do Atlético em boa parte da temporada se repetiu na final da Primeira Liga na noite desta quarta-feira, contra o Londrina, no estádio do Café. Sem exigir nenhuma defesa difícil do goleiro rival e inoperante no ataque, o Galo voltou a decepcionar em campo e perdeu a chance de conquistar o seu segundo título no ano. Na disputa de pênaltis, quando se esperava que a qualidade alvinegra também seria superior, novo desempenho abaixo do esperado. Victor, conhecido como um bom pegador de pênaltis, não conseguiu evitar os gols do Tubarão, Clayton Rafael Moura desperdiçaram e os donos da casa venceram por 4 a 2.

Se o discurso dos atleticanos era sobre a vontade de vencer a competição e que o caneco traria a confiança de volta, o elenco precisa se apegar a outra coisa para reagir no Brasileiro, deixar de rondar o Z-4 e buscar a vaga na Copa Libertadores do ano que vem, principal e último objetivo do clube neste final de temporada.

O jogo começou como esperado. Favorito, o Atlético propunha as principais ações, ficava mais tempo com a bola e buscava o ataque. Mesmo jogando em casa e com o apoio da torcida, o Londrina marcava atrás da linha da bola e procurava sair em velocidade nos contra-ataques. O primeiro tempo foi movimentado, mas as estratégias distintas foram ineficazes no quesito criação de chances claras de gols.

O Galo chegou algumas vezes, com Alex Silva, Robinho e Valdívia, mas sem exigir nenhuma defesa difícil do goleiro César. O Tubarão só conseguiu levar perigo com Negueba, em um chute forte de fora da área, que obrigou uma boa defesa do arqueiro Victor. Assim, o placar seguiu inalterado na primeira etapa.

No segundo tempo, o panorama continuou o mesmo. Os mineiros no ataque e os paranaenses buscando as saídas rápidas. E novamente, os goleiros não tiveram nenhum tipo de trabalho. Os donos da casa até chutavam mais no gol, mas totalmente sem direção. O Atlético tentou aumentar a pressão, no entanto seguia pecando no último passe.

A melhor chance do alvinegro veio aos 40 min. Marlone tabelou com Clayton e isolou. A baixa produção ofensiva deixou o jogo truncado, chato e, sem alteração no placar, o embate se encaminhou para a disputa de pênaltis. E o Londrina acabou levando a melhor. Julmar, Edson Silva, Ayrton e Dirceu marcaram para os donos da casa. Fábio Santos e Robinho também fizeram, mas Clayton e Rafael Moura desperdiçaram as suas cobranças, deixando o caneco com o adversário.

 

FALE CONOSCO
grupoasemana@gmail.com
333322-1212
RUA JOAO DA SILVA ARAUJO, Nº 8 - SL304
CENTRO | CARATINGA-MG


Copyright JORNAL A SEMANA - © 2017 - Todos os direitos reservados.