tv semana grupo semana
     

PUBLICIDADE

Notícias
Libertadores: Atlético é eliminado dentro de casa
Data publicação 10/08/2017
Para o jogo do ano, o Atlético tinha que resolver todos os seus problemas de marcação, de falta de criatividade, movimentação ofensiva e de finalização. Mas era muita coisa para se dar conta em uma noite apenas. Alguns erros nem apareceram, até pela fragilidade e postura defensiva do adversário. E os quesitos principais, como superar retrancas e colocar a bola para dentro, mais uma vez, não aconteceram, e o Galo foi eliminado da Copa Libertadores da América. Em um confronto de oitavas de final teoricamente mais fácil, o alvinegro tropeçou em suas próprias pernas e ficou no 0 a 0 contra o Jorge Wilstermann, na noite desta quarta-feira, no Mineirão, pelo jogo de volta das oitavas de final.
 
O objetivo não alcançado de conquistar um grande título em 2017 frustrou a Massa, que lotou, incentivou o tempo todo e teve que voltar para casa com o gosto amargo da eliminação. Agora, os atleticanos torcem pelo fim do calvário no Brasileirão e, pelo menos, a conquista do G-6, para disputar o maior torneio das Américas no ano que vem. Já os bolivianos, que chegam pela primeira vez em sua história nas quartas de final, medirão forças contra o River Plate, da Argentina.
 
Para seguir com o sonho do bicampeonato e reverter a vantagem do rival, tudo tinha que ser diferente do que o Atlético vinha apresentando nos últimos jogos. E o ambiente estava propício para isso. Uma linda festa com fogos de artifício para a entrada do time, uma torcida inflamada, cantando alto e a todo o momento, além do estádio Mineirão, palco das últimas grandes conquistas do alvinegro.
 
Para o jogo do ano, o Atlético tinha que resolver todos os seus problemas de marcação, de falta de criatividade, movimentação ofensiva e de finalização. Mas era muita coisa para se dar conta em uma noite apenas. Alguns erros nem apareceram, até pela fragilidade e postura defensiva do adversário. E os quesitos principais, como superar retrancas e colocar a bola para dentro, mais uma vez, não aconteceram, e o Galo foi eliminado da Copa Libertadores da América. Em um confronto de oitavas de final teoricamente mais fácil, o alvinegro tropeçou em suas próprias pernas e ficou no 0 a 0 contra o Jorge Wilstermann, na noite desta quarta-feira, no Mineirão, pelo jogo de volta das oitavas de final.
 
O objetivo não alcançado de conquistar um grande título em 2017 frustrou a Massa, que lotou, incentivou o tempo todo e teve que voltar para casa com o gosto amargo da eliminação. Agora, os atleticanos torcem pelo fim do calvário no Brasileirão e, pelo menos, a conquista do G-6, para disputar o maior torneio das Américas no ano que vem. Já os bolivianos, que chegam pela primeira vez em sua história nas quartas de final, medirão forças contra o River Plate, da Argentina.
 
Para seguir com o sonho do bicampeonato e reverter a vantagem do rival, tudo tinha que ser diferente do que o Atlético vinha apresentando nos últimos jogos. E o ambiente estava propício para isso. Uma linda festa com fogos de artifício para a entrada do time, uma torcida inflamada, cantando alto e a todo o momento, além do estádio Mineirão, palco das últimas grandes conquistas do alvinegro.

FALE CONOSCO
grupoasemana@gmail.com
333322-1212
RUA JOAO DA SILVA ARAUJO, Nº 8 - SL304
CENTRO | CARATINGA-MG


Copyright JORNAL A SEMANA - © 2017 - Todos os direitos reservados.