tv semana grupo semana
     

PUBLICIDADE

Notícias
Dr. Giovanni deixa Secretaria de Saúde
Data publicação 09/08/2017
Na noite de terça-feira, 08, a assessoria de Comunicação da Prefeitura de Caratinga confirmou que o viceprefeito Giovanni Corrêa da Silva, havia pedido sua exoneração do cargo de secretário de Saúde. O ofício pedindo seu afastamento do comando da pasta aconteceu na manhã de terça-feira e foi motivo de comentários pela cidade durante todo o dia.
 
De acordo com a nota divulgada pela assessoria do governo, em seu pedido, o vice-prefeito alegou, como motivo para pedir seu afastamento do comando da pasta, problemas de saúde.
 
Na nota enviada à imprensa, a assessoria de Comunicação insiste em afirmar que, “como vice-prefeito, Dr. Giovanni continua fazendo parte do grupo político da atual gestão, mantendo parceria com Dr. Welington e sua equipe de governo, chegando a divulgar uma mensagem, pela qual o médico teria afirmado acreditar no sucesso da atual administração.
 
No entanto, há alguns meses o jornal A Semana tomou conhecimento de que o vice- prefeito e o prefeito Welington Moreira de Oliveira, o Dr. Welington, já não mantinham a mesma afinação demonstrada durante a campanha eleitoral do ano passado.
 
Desde então, corria pelos bastidores políticos comentários sobre a possibilidade de Dr. Giovanni vir a deixar o controle da Secretaria de Saúde, função exercida por ele desde o dia 1º de janeiro deste ano, quando o atual governo tomou posse.
 
Era sabido existirem muitas divergências entre ele e Dr. Welington quanto ao fun-cionamento da Secretaria de Saúde
 
Tudo leva a crer que a “gota d’água”, responsável por levar Dr. Giovanni a se decidir por deixar o comando do setor de Saúde tenha sido a exoneração do ex-vereador Elias José de Oliveira da Superintendência de Gestão, ocorrida dia 02 deste mês.
 
Elias era o “braçodireito” de Dr. Giovanni, seu homem de confiança na Secretaria de Saúde e certamente não foi consultado quanto à intenção de Dr. Welington em demiti-lo. Assim, provavelmente, o médico tenha encarado o afastamento de Elias como perda de prestígio e autoridade.
 
Apesar de já ser ventilada a possibilidade de sua saída, o pedido de exoneração de Dr. Giovanni pegou o governo desprevenido. Tanto assim que não havia sido escolhida a pessoa que irá sucedê-lo, como secretário de Saúde. Existem comentários de bastidores dando como certa a nomeação da superintendente de Operacional de Saúde, Luana Brum da Silva, para estar à frente da pasta.

FALE CONOSCO
grupoasemana@gmail.com
333322-1212
RUA JOAO DA SILVA ARAUJO, Nº 8 - SL304
CENTRO | CARATINGA-MG


Copyright JORNAL A SEMANA - © 2017 - Todos os direitos reservados.