tv semana grupo semana
     

PUBLICIDADE

Colunista - Zé caratinga
10 de Agosto
Data publicação 10/08/2016

Desespero

Quem está acompanhando o processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff no Senado está enojado com as tentativas dos senadores que a apoiam, principalmente Lindberg Faria (PT-RJ) e Gleisi Hoffmann (PT-PR) e Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM), em tumultuar e obstruir as sessões e o andamento do processo. A insistência deles em causar tumulto é tanta que, na sessão iniciada na terça-feira, 09, e encerrada na madrugada desta quarta-feira, o presidente do Supremo, Ricardo Lewandowski, que preside o processo, foi obrigado a cortar o som do microfone da senadora Gleisi Hoffmann.

Vergonha

Quem pensa que os deputados que compõem a Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) estão preocupados com os problemas dos mineiros, está totalmente enganado. Na sessão de terça-feira, quando foram votados importantes pontos da reforma administrativa proposta pelo governador Fernando Pimentel, enquanto o deputado Felipe Attiê (PTB) defendia seus pontos de vista, a maioria dos demais parlamentares sequer ouvia o seu discurso. Um grupo se reuniu para bater animados papos, recheados de gargalhadas, enquanto outros se distraiam no Whatsapp.

Vergonha II

Dos 77 deputados estaduais de Minas Gerais, apenas 39, incluindo o deputado Adalclever Lopes, presidente do Legislativo Mineiro, estiveram presentes na reunião da Assembleia na última terça-feira. E pensar que, em legislaturas passadas, o plenário da ALMG foi palco de acalorados debates e discussões sobre temas de interesse do povo mineiro.

Vergonha III

A grande ausência de deputados na reunião da ALMG certamente se deu devido à covardia dos parlamentares ausentes em votar a extinção de órgãos ligados ao Governo do Estado, como ocorreu com a Imprensa Oficial, autarquia centenária, cuja história se confunde com a história de Minas Gerais.

Ernani

O ex-prefeito Ernani Campos Porto (PSDB) tem participado ativamente dos encontros promovidos pelo candidato a prefeito Odiel de Souza (PMDB). Nessas ocasiões, Ernani tem feito inflamados discursos, nos quais não economiza nas críticas ao ex-prefeito João Bosco (PT) e ao prefeito, Marco Antônio (PTB), seu antigo aliado político. Vamos ver se Ernani irá até o final da campanha eleitoral com todo esse entusiasmo.

Coisas da política

O que ninguém, em Caratinga, acreditava que seria possível acontecer acabou acontecendo!... O ex-prefeito Ernani e o deputado Mauro Lopes, agora, estão juntos no mesmo palanque, ensaiando os mesmos discursos e trocando entusiasmados elogios. Enquanto isso, muitos eleitores, apaixonados por um ou pelo outro, continuam inimigos ferrenhos, devido às divergências dos dois líderes políticos em tempos passados.

Coligações

Na próxima segunda-feira, 15, terminará o prazo para os registros de candidaturas, conforme estabelecido pela Justiça Eleitoral. Com isso, no dia seguinte, já poderemos saber quantos e quais serão os candidatos a prefeito, vice-prefeito e vereadores para as eleições de 02 de outubro. Também ficaremos sabendo quem coligou com quem e que candidato a prefeito conta, pelo menos no papel, com o maior grupo político.


Mudar de colunista:

FALE CONOSCO
grupoasemana@gmail.com
333322-1212
RUA JOAO DA SILVA ARAUJO, Nº 8 - SL304
CENTRO | CARATINGA-MG


Copyright JORNAL A SEMANA - © 2018 - Todos os direitos reservados.